Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dias frios VS pele seca

Nos últimos dias as temperaturas desceram bastante e como consequência fiquei com a pele seca, seca, seca. Tenho de ter sempre cuidados redobrados com a hidratação do rosto, como alguns de vocês já sabem, mas no inverno, o frio piora a situação e foge um bocado do nosso controlo. Como tal corri para a farmácia à procura de um creme que me ajudasse.

 

product_main_uriage-atopie-eczema-x-mose-cr-me-vis

Foi este que me aconselharam, da Uriage. Já conheço a marca e gosto dos produtos. Este não conhecia e segundo o que me disseram é realmente muito bom para a situação. É para peles muito secas e com tendência atópica, que agora, é o meu caso. Comecei a usa-lo ontem e até agora tenho ficado com o rosto bastante macio. Daqui a uns dias espero já estar com a pele bastante mais hidratada!

 

Já tinham ouvido falar deste creme?

Como é o vosso tipo de pele? seca, mista ou oleosa?

No inverno notam muita diferença?

Desabafos

São poucas ou quase nenhumas as pessoas que sabem que naquela noite, quando senti aquele aperto enorme no peito, acendi uma vela e pedi, pedi muito que tudo estivesse bem, que tudo ficasse bem. Mas no fundo, eu sabia que aquela agitação que ia no meu coração significava algo. Na realidade, eu não precisava de ouvir as palavras porque eu senti. Eu pedi, pedi tanto. Mas aquela última vela já não fez diferença.

Sem papas na lingua - Sair de casa dos pais

 

3- sair de casa.png

 Sair de casa dos pais, na minha humilde opinião, é um passe bastante importante. Talvez para aquelas pessoas que decidiram estudar fora não seja assim tanto, uma vez que já se tornou um hábito. No entanto, há factores que podem realmente fazer a diferença. Quando falo de sair de casa significa sair de malas e bagagens com autonomia financeira suficiente para me sustentar sozinha. O que muitas vezes não acontece quando se vai estudar para fora, porque se tem o apoio da familia. Por isso falo de sair de casa para começarmos a viver por nossa conta.

 

Ainda não sai de casa, mas espero que muito brevemente consiga dar esse passo. Está nos planos. Viver sozinho (ou com o namorado) pode ser um desafio. Foi o que sempre ouvi dizer. Não sei se é, mas no meu caso penso que não será, muito pelo contrário.
Desde que me lembro que sempre ajudei bastante em casa e nesse aspecto estou preparadissima para ser eu a tratar de tudo. Muitas vezes pode ser dificil quando em vez de dois é só um a arrumar, a limpar, a cozinhar, a lavar. Resumidamente, a fazer. Mas não é o caso.


Acho que vou adorar ter o meu próprio espaço, com a minha decoração. Uma casa à minha imagem. Claro que tenho noção que quando nos mudamos é um processo. Que não é de um dia para o outro que vamos ter uma casa totalmente mobilada e decorada. Acho que hoje em dia muitas pessoas tem esse problema, mas que ao fim ao cabo não se torna um problema assim tão grande. É ir mobilando com tempo, à medida que se pode, com prioridades.
Cozinhar. Cozinhar também não irá ser um problema. Porque tanto eu como o meu namorado gostamos de cozinhar. Sobretudo de inventar! Penso que massa com atum não será a nossa salvação como de muitas pessoas. Graças a deus. (nada contra massa com atum, eu adoro. Com molho cocktail é top).


Sempre disse para mim mesma que um dia que saisse de casa que tinha de estar razoavelmente bem financeiramente. Quando digo bem não é viver à larga, porque infelizmente é dificil nos dias que correm. Mas conseguir aguentar-me durante o mês sem contar os tostões. Porque no dia que sair de casa quero conseguir sustentar-me sem ter de recorrer a ajudas. É o que eu desejo. Se um dia tiver que o fazer, não tenho qualquer problema nisso. Familia é familia e não temos problemas em ajudar-nos mutuamente. Mas é, sem dúvida, um dos requisitos principais.


Conselhos para o dia que saia de casa?
O que acharam mais complicado na mudança?
O mais fácil?
Dicas?

 

 

TAG - Tu decides

Fui desafiada pela Five Black Walls a responder a esta TAG "Tu decides" ! Vamos a isto!

 

REGRAS:
 
- Colocar o selo da TAG
- Referir quem te nomeou
- Responder a todas as questões
- Nomear pelo menos 2 blogs
 

19295684_F0J00.jpeg

 

PERGUNTAS:
 
1. Leite com café ou leite com chocolate? 
Leite com chocolate, claro!
 
2. Chocolate Preto ou Chocolate Branco?
Não gosto de chocolate branco, blarc.
 
3. Gelado ou 'Coxinha' ?
Não sei o que é coxinha, por isso gelado ihih
 
4. Colorido ou Preto e Branco?
 Normalmente preto! Mas também adoro cores.
 
5. Séries ou Filmes?
É complicado, mas as minhas séries não perco!
 
6. Facebook ou Instagram?
Facegram? ahahah
 
7. Cão ou Gato?
Cães! Já tive 2 :)
 
8. Comer uma barata ou comer uma aranha?
Se tivesse mesmo que escolher, uma aranha. Vou ali vomitar já volto.
 
9. Cozinhar ou Lavar a louça?
Cozinhar
 
10. Academia ou taça de gelado?
Nos ultimos dias tem sido gelado para deixar a boca dormente!
 
11. Mar ou Rio?
Mar
 
12. Ter chulé ou Ficar sem telemóvel?
Ter chulé (e por pó-talco) ahahah
 
13. Ataque de zumbis ou de baratas gigantes?
WALKERS! mil vezes
 
14. Ficar sem espelho ou sem perfume?
Sem perfume! ups
 
15. Ficar sem escovar os dentes por 1 dia ou ficar sem tomar banho por 1 dia?
Sem escovar os dentes!
 
16. Sentir Ciúme ou sentir Saudade?
Sentir saudade
 
17. Comer cebola crua ou alho cru?
Cebola crua
 
18. Ficar sem comer por 1 dia ou ficar sem beber água por 1 dia?
Ficar sem beber água por 1 dia!
 
19. Colocar um piercing na língua ou Fazer uma Tatuagem?
One more tattoo!
 
20. Cair em público ou peidar alto em público? 
Cair em público...........
 
21. Acabar com o Youtube o acabar com o Watsapp?
Com o watsapp!
 
Nomeados:
Erika
Salomé
Cristina

 

Sem papas na lingua - Amamentar em público

AMAMENTAR EM PUBLICO.png

 

Não sou mãe, mas anseio por ser um dia. Não sei como vou desempenhar este papel. Acredito que no momento que temos um ser a nosso cargo, um ser que é nosso, que depende de nós para praticamente tudo que a nossa vida mude drasticamente, em vários aspectos, uns piores, outros melhores.

Enquanto mãe eu não sei se no dia de amanhã conseguirei amamentar. Esse é um ponto bastante sensível que não quero tocar, apenas chegar ao facto seguinte. Se eu conseguir, eu não sei se conseguirei fazê-lo em público. por uma questão pessoal, porque nem todas as mulheres se sentem à vontade nessa situação. E simplesmente por isso.

 

Uma das certezas que a mulher tem quando engravida é que aquela criança que irá nascer dali a uns meses vai depender dela para se alimentar, aliás mesmo dentro da barriga já o faz. Porque é importante dar ênfase ao ponto principal. Alimentar. Porque é disso que se trata. Alimentar uma criança.

 

Vi recentemente um vídeo em que foi feito um género de estudo social em que duas mulheres estavam na rua. Uma a amamentar e a outra simplesmente a mexer no telemóvel. A semelhança entre elas? O peito à mostra. Uma porque estava a alimentar o filho e a outra porque decidiu usar um top decotado. A reacção das pessoas foi algo que me deu uma sensação de repulsa enorme. Sim, repulsa.

 

Na minha inocência, nunca imaginei que poderia haver alguém que se sentisse ofendido por ver uma mulher a amamentar num local público. Neste vídeo vemos homens a mandarem piropos para a mulher do decote e vemos homens a dizer coisas como “isso é nojento” e “porque é que tens de fazer isso em público?” à mulher que está a amamentar.

 

No dia de amanhã, quando for mãe, caso tenha à-vontade para isso, no momento em que o meu filho tiver fome espero não ter problemas em amamentar independentemente do local onde estiver, seja ele público ou não. espero nunca receber um comentário desagradável. amamentar em público não significa que a mulher está ali, de peito despido, nua, literalmente.

 

Esperem, está sim, mas de preconceitos.

 

E vocês, concordam, não concordam?

7ab0e2067a6bebbc89b07854ca7fc46e.jpg

 

Rúbrica da semana

Uma das razões porque criei este blog foi a paixão à escrita, ainda que não o faça regularmente, sempre foi o meu escape. Por essa razão, em conversa com os meus botões, decidi mudar isso e começar a escrever mais. Como tal criei uma rúbrica semanal que começa já amanhã, quinta-feira. Na rúbrica sem papas na lingua vou falar-vos de vários temas. Sejam eles de cariz mais sério ou não. Quer façam rir ou chorar. Nesta rúbrica vou ser eu sem filtros, vou dar a minha opinião nua e crua relativamente ao tema escolhido. 

RUBRICA.png

Se tiverem sugestões de temas que gostavam que abordasse não hesitem em me dizer!

 

 

Pág. 1/3

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D