Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

10 factos sobre o meu Natal

  1. Ninguém abre os presentes antes da 00h00. Não importa se tem 3, 5, 10 ou 60 anos. Todos vão esperar até ao último minuto.
  2. Há sempre uma pessoa que fica responsável pela distribuição dos presentes. Costumava ser eu a voluntariar-me, até os meus sobrinhos aprenderem a ler e voluntariarem-se muito rapidamente.
  3. Compramos chocolates para por na árvore de natal todos os anos. Quando chega a véspera de natal já não há sinal deles. A minha sobrinha já os colocou lá. Até agora dei falta de dois. Não sei se estão escondidos na parte de trás da árvore ou na barriga de alguém.
  4. Raramente comemos bacalhau cozido, é sempre bacalhau com natas.
  5. Fazemos sempre filhoses, receita da minha mãe. De batata doce. As melhores do mundo.
  6. Depois de jantarmos, vemos filmes de natal até à hora de abrir os presentes.
  7. A minha mãe faz sempre questão de comprar uma caixa de bombons para cada um.
  8. Tronco de Natal, torta de claras, tarte de ananás, arroz doce, bolo rei e filhoses são os doces que costumamos ter na nossa ceia de natal.
  9. Os meus irmãos costumam dormir cá em casa de 24 para 25 de Dezembro.
  10. A minha mãe compra sempre uns quatro pães caseiros com a desculpa de no 25 estar tudo fechado e poder faltar.

Filmes de Natal

Quando oiço alguém falar em filmes natalicios, o sozinho em casa, é normalmente o preferido. Não consigo perceber o porquê. Eu gosto do filme, sim, é engraçado. Mas o que é que tem de natalicio? Só o facto do kevin ser abandonado no natal?

E esta revolta toda agora é porquê? (perguntam vocês)

Ora, porque o Grinch é que é o melhor filme de natal do mundo e arredores. Pois é. O Grinch vai ser sempre o meu filme de eleição. Foi dos primeiros filmes que vi no cinema e é até hoje o único filme de Natal que me faz sentir uma autentica criança, fico ali a sorrir, a rir, sei as falas de cor e nunca me canso de vê-lo, ano após não. O Grinch quer roubar o Natal sim, mas há toda uma história por de trás do odio que ele tem por esta época!

É sem duvida, o meu filme de Natal.

 

Já viram o grinch? Gostaram?

Nunca viram? Estão à espera do quê?!

*

E dou por mim a imaginar a tua, a nossa vida, se a doença não se tivesse apoderado de ti, de nós. Como seria se não tivéssemos batido de frente com aquele diagnóstico. As lágrimas correram-me pela cara. Estava ali sozinha, e as saudades falaram mais alto. No meio das pessoas. Não estava escondida, mas ninguém me viu. Naquele momento dei por mim a querer um abraço. Fosse de quem fosse. Daqui a pouco fazem duas mãos cheias. Duas mãos cheias de anos que vivemos com a saudade e a ausência.

Árvore de Natal à prova de gato

Já tinha ouvido dizer que árvore de natal e gatos são duas coisas impossiveis de conciliar. Mas não quis acreditar e ainda estávamos em Novembro quando decidi deitar mãos à obra e montar a minha árvore de natal, velhinha e fraquinha, árvore de natal.

gg.jpgEscusado será dizer que numa semana sofreu quatro ataques e deu comigo em doida.Numa semana montei e desmontei a árvore de natal. Tinha de arranjar uma forma de decorar a minha sala, sem o tipico, tradicional pinheiro de natal. Lá andei a ver sites e mais sites, ideias e mais ideias. Mas nenhuma delas me despertava interesse.

Até que perdi a cabeça e fui comprar uma árvore de natal nova! E esta é à prova de gato! Como assim? (perguntam vocês).

IMG_7665.JPG

IMG_7666.JPG

IMG_7668.JPG

IMG_7677.JPG

IMG_7688.JPG

Ao contrário da primeira árvore, mais velhinha, pequenina e leve, com ramos "farfalhudinhos". Esta nova é alta, pesada, robusta e com aqueles tipicos de ramos de pinheiro, que "picam". That's it. Picam. E o zazu assim não põe lá as patinhas. Esperta a moça, ham. Vá eu confesso que já queria uma árvore assim grande e fofinha há imenso tempo, assim juntei o útil ao agradável, manter o zazu longe e ser uma criança feliz!

Está fofinha a minha árvore?

Já montaram a vossa ou só dia 8?

Já entramos na época oficial de desejar feliz natal? Sim? Não? Vá, fica para a próxima..

Anjinho de natal

Diogo, eu não te conheço e muito provavelmente tu nunca irás conhecer-me. Não sei onde moras, do que gostas, se tens irmãos, qual é a tua disciplina preferida. Apenas sei que tens doze anos e que te chamas Diogo. Mentira, para além disso, sei também que jamais, em tempo algum, uma criança devia sentir a desilusão de não receber um único presente no dia de natal. Hoje entreguei os meus dois presentes para ti. E fiquei de coração cheio. Porque os teus pais já vão ter presentes para te dar. Pais esses que têm de recorrer a uma ajuda para conseguir dar um Natal aos seus filhos. Não é justo e deve doer. Mas assim como eu, acredito que centenas de pessoas ficaram de coração cheio depois de ajudarem.
Quanto a ti, Diogo, vais ser sempre o meu primeiro anjinho de natal. A ti e à tua família desejo muita saúde, muita força e esperança para os próximos anos. A vida irá melhorar com certeza.
Quanto a mim, este foi apenas o primeiro ano.
Para o ano haverá mais. A Catarina, o João ou a Carolina. Quem sabe.. 

 

IMG_20161202_121813.jpg

 

Mais informações aqui: http://www.anjinhosdenatal.exercitodesalvacao.pt/locais

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D