Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Anjinho de natal

Diogo, eu não te conheço e muito provavelmente tu nunca irás conhecer-me. Não sei onde moras, do que gostas, se tens irmãos, qual é a tua disciplina preferida. Apenas sei que tens doze anos e que te chamas Diogo. Mentira, para além disso, sei também que jamais, em tempo algum, uma criança devia sentir a desilusão de não receber um único presente no dia de natal. Hoje entreguei os meus dois presentes para ti. E fiquei de coração cheio. Porque os teus pais já vão ter presentes para te dar. Pais esses que têm de recorrer a uma ajuda para conseguir dar um Natal aos seus filhos. Não é justo e deve doer. Mas assim como eu, acredito que centenas de pessoas ficaram de coração cheio depois de ajudarem.
Quanto a ti, Diogo, vais ser sempre o meu primeiro anjinho de natal. A ti e à tua família desejo muita saúde, muita força e esperança para os próximos anos. A vida irá melhorar com certeza.
Quanto a mim, este foi apenas o primeiro ano.
Para o ano haverá mais. A Catarina, o João ou a Carolina. Quem sabe.. 

 

IMG_20161202_121813.jpg

 

Mais informações aqui: http://www.anjinhosdenatal.exercitodesalvacao.pt/locais

 

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D