Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A girl's life

Filipa ♦ Algarve ♦ 23 anos ♦ Estuda de Turismo ♦ Apaixonada por filmes, séries e livros

Qui | 19.11.15

Quatro meses depois

Filipa Iria

Tenho várias fotografias no meu telemóvel. As vezes penso em apaga-las, mas depois.. Depois penso que posso querer vê-las mais uma vez. Dão-me força. São fotografias de uma recuperação. Fotografias que não são bonitas, mas que contam uma história. Uma história de coragem. A minha história. Uma história que ficará marcada para sempre através da cor do lado esquerdo da minha cara. Da cor mais clara. Não há problema. Não tenho vergonha. Eu consegui. Eu ganhei esta luta. Ainda não ganhei a batalha. Essa vai durar alguns anos. Com muita paciência e dedicação. Já durmo para o lado esquerdo. Já como outras coisas que não gelatina. Já estico o cabelo com a placa. Já dou banhos de água quente. Já encosto a cara a outras caras. Já recebo beijos na bochecha. Já uso máscara de pestanas. Pequenos pormenores do dia a dia, talvez insignificantes mas que quando não podemos usufruir deles, faz toda a diferença. Hoje quem me vê não nota diferença alguma. A não ser pelo creme protector 50+ que é o meu melhor amigo agora. De noite, é como se nada se tivesse passado. Nunca, em vez alguma, passou-me pelo pensamento que iria ficar assim, sem marcas, cicatrizes. Aliás, não passou pelo meu nem de ninguém que estava ao meu redor. Quem viu como estava o meu rosto não imaginaria que quatro meses depois estivesse a fazer a minha vida normalmente, sem qualquer vestígio de uma queimadura de 2º grau . Sou feliz. Sou feliz por quem tenho ao meu redor e nunca me deixou baixar os braços. Sou feliz porque mostrei que sou mais forte que aquilo que se atravessa na minha vida.

8 comentários

Comentar post